O Diário de Abigail

O quarto da bagunça

O cheiro de café se fazia presente mais uma vez, conversas e risadas completavam a mesa com suas guloseimas. Mas algo não estava bem, uma de nós não estava sorrindo, pelo contrário segurava o choro com tanta força que tenho certeza que seus dentes rangiam. A ferida foi cutucada e o peito aberto, revelando um coração perdido em meio ao caos, confundido pelas mentiras de satanás e preso aos vícios da carne, era uma verdadeira bagunça. Teve exortação firme e sensata, mas repleta de amor e graça, muita graça. Verdades foram ditas e entre elas trouxemos a memória Efésios 4.22-24, que diz:

“Quanto à maneira antiga de viver, vocês foram instruídos a deixar de lado a velha natureza, que se corrompe segundo desejos enganosos, a se deixar renovar no espírito do entendimento de vocês, e a se revestir da nova natureza, criada segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade”

Eu não sei se você já viu uma casa muito bagunçada, aquele programa sobre acumuladores, ou talvez você até tenha em sua casa um quartinho da bagunça. É uma situação constrangedora, chega gente e você corre fechar a porta do quartinho, na verdade nem precisa tanto, qualquer visita entra na sua casa e você já dispara logo “não repara na bagunça”. Deixa eu te contar algo, é IMPOSSÍVEL não reparar na bagunça.

Repare na bagunça

Enquanto Marie Kondo, uma especialista em arrumação, declara em seu livro que “a vida começa de verdade depois que se põe a casa em ordem”. Uma jovem “influenciadora gospel” escreveu recentemente em uma de suas músicas que “de longe pode até assustar, mas de perto sou uma linda bagunça a dançar”. Por favor, não seja influenciado e cometa o erro de achar sua bagunça linda, não a defenda dizendo que faz parte de quem você é, muito menos se coloque a dançar como se não reparesse na bagunça em que se encontra.

Talvez a sua bagunça seja parecida com a da minha amiga, ou talvez você esteja acorrentado em magoas; criando seus próprios ídolos; chorando abraçado em suas frustrações; acumulando uma série de reclamações; juntando várias mentiras; colecionando ódio; ou alimentando seu orgulho. Independente de qual seja sua bagunça, repare nela. Esse é o primeiro passo para começar a arrumá-la. E se você está se perguntando o por quê precisa arrumar sua bagunça, a resposta é simples: “Deus, não é um Deus de desordem” (1 Coríntios 14.33). E sim, eu sei que esse texto se refere a ordem no culto e a questão dos dons. Mas o que é nossa vida se não um culto constante ao Senhor?!

Fomos criados para refletir a glória de Deus, ou “vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês?” (1 Coríntios 3.16). Se o Pai não quer a sua igreja em desordem, porque o Espírito gostaria de habitar em meio a bagunça e confusão?!

Repare a bagunça

E então chegou o momento de enxugar as lágrimas dos olhos, erguer a cabeça, receber a graça e o perdão e começar a agir.A bagunça precisa ser reparada: arrumada. Existem bagunças diferentes: algumas mais fáceis de organizar, outras que requerem um tempo extra ou uma ajuda vinda de fora. A nossa esperança é saber que não há “bagunça bagunçada” o suficiente que o Senhor não tenha arrumado na cruz. Seja sincero, abra a porta do quarto e deixe Jesus decidir o que Ele quer restaurar, o que Ele precisa que você jogue fora, deixe Ele colocar as coisas no lugar.

A minha oração é que assim como Deus fez na vida da minha amiga, você também experiencie desse processo dolorido, mas extremamente libertador.

Uma vez arrumada, a bagunça dará espaço a um lindo cômodo, espaçoso o suficiente para que Cristo reine e que o Espírito Santo habite.

JG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s