Carência, palavra que é geralmente atribuída a imagem das mulheres, mas nos esquecemos que o ser humano tanto o homem quanto a mulher podem sofrer de carências. Dizem que a carência é a falta de algo, falta de carinho, atenção, amor. Nos sentimos desprezados e esquecidos, quando percebemos tais sintomas temos a tendência de assumir uma das duas atitudes: a insuficiência dramática ou a autossuficiência. A insuficiência dramática consiste em nos acharmos inúteis, sem valor e começarmos a usar toda e qualquer situação “ruim” (que não condiz com o que esperamos ou queremos) a nossa volta para chamar a atenção para a nossa tristeza. Somos sempre as vítimas e nada está bom, o mundo conspira contra nós. Por outro lado, a autossuficiência exige de nós uma postura firme, nada nos abala (ao menos nós não demonstramos), acabamos assumindo a posição que não temos capacidade e maturidade para manter, uma posição que atrai olhares, atenção, nos enchemos de nós mesmo na tentativa de suprir aquilo que nos falta.

Independente de qual caminho escolhemos, ao deitar nossa cabeça no travesseiro, o sentimento de vazio vem nos assombrar e percebemos que somos incapazes de preenche-lo. Mesmo que tentemos colocar nossa profissão, família, dinheiro, ministério, nada se encaixa e acabamos alcançando a idolatria e não a plenitude. Simplesmente porque a carência é a ausência de Deus em nós, e o fato de sermos cristãos não nos torna imune a carência. Deus não nos deixou nesse mundo sozinhos, Ele nos deixou sua Palavra e temos que aproveitar o fato de que a Bíblia é o único livro que não importa o lugar,o horário você sempre pode ler na presença do autor, Deus também deixou o Espírito Santo, para habitar em nós, nos encher, assim como a água da fonte de vida. Mate a sede da sua carência com a fonte que não cessa “[Jesus disse:] mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna” (João 4:14).

Então ao sentir os sintomas invista nessa “receita” para matar a carência, juntamente com a água acrescente o B.O.I. – Bíblia, Oração e Igreja – ter seu tempo de intimidade com o Senhor TODOS OS DIAS é de extrema importância, não deixe nem sequer por momento sua mente vazia dando brecha para que o inimigo use e abuse criando o jogando dúvidas pra te fazer cair “Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.” (Josué 1:8); a  oração deve ser um estilo de vida, vários versículos nos alertam sobre estar em oração o tempo todo, esteja em uma constante e continua conversa com o Senhor “Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.” (Efésios 6:18); como disse anteriormente, Deus não nos deixou sozinhos, além de sua Palavra Ele nos deixou nossos irmãos, para que juntos formemos a Igreja de Cristo “Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. E considerem-nos uns aos outros, para nos estimulamos à caridade e às boas obras; não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia” (Hebreus 10:23-25). Dessa maneira vamos nos encher de Deus, vamos aproveitar o auxílio que Ele nos deixou, afinal uma vez que temos ciência dessa verdade não temos desculpa para não cumpri-la.

Não deixe a carência te vencer mas vença a carência com o B.O.I.!!

JG